Conheça o PIX

Por Rafael Castanho | 05/11/2020 | 4 Minutos de leitura | Voltar
  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp
Conheça o PIX

PIX é o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central

 

O Pix é um meio de pagamento eletrônico que faz parte do Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) do Banco Central do Brasil. Ele pretende facilitar para quem paga e para quem recebe.

 

Pagadores

- Rapidez, segurança e baixo custo;

- Agilidade (uso da lista de contatos do celular ou de QR Code para iniciar pagamentos);

- Praticidade (só precisa do dispositivo digital para realizar o pagamento, dispensa uso de cartão, folha de cheque, cédulas, maquininhas etc.);

- Possibilidade de integração a outros serviços no smartphone.

 

Recebedores

- Baixo custo de aceitação;

- Disponibilização imediata dos recursos, o que tende a reduzir necessidade de crédito;

- Facilidade de automatização e de conciliação de pagamentos;

- Facilidade e rapidez de checkout (não precisa de POS para passar o instrumento de pagamento ou de um caixa para dar troco).

 

 

Ela funciona de forma que transações feitas por ele sejam quase instantâneas e disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana e nos 365 dias do ano.
A tecnologia de pagamento é via QR Code e a pessoa que faz o pagamento utiliza uma chave Pix daquele que recebe o pagamento. É a chave Pix possibilita o acesso aos dados bancários do usuário da conta. Essas chaves Pix podem ser cadastradas utilizando os números de telefone, CPF, endereço de e-mail do usuário ou uma chave aleatória.

As transações permitidas são o pagamento entre pessoas físicas e entre pessoa física e jurídica e são feitas em Real Brasileiro (R$).

O funcionamento em ambos os casos é o mesmo, aquele que paga utiliza da chave Pix daquele que recebe.

O sistema será gratuito para pessoas fiscais que não o utilizaram para fins comerciais, e poderá receber até 30 pagamentos via Pix por mês, sendo que utilizações excedentes podem ter a cobrança de tarifas que varia de uma instituição financeira para outra.

 

Pix Cobrança

Em 29 de Outubro de 2020, o Banco Central anunciou 2 funcionalidades ao Pix, uma API para padronizar os recebimentos e um método de cobrança.

O Pix Cobrança, como é chamado, é um recurso que permite que estabelecimentos comerciais, prestadores de serviço e fornecedores gerem um QR Code para receber pagamentos. A função permite que quem receba o valor possa definir uma data limite para o pagamento, aplicação de desconto e multas, de uma forma similar ao boleto bancário.

O Banco Central irá disponibilizar uma API chamada API Pix para as empresas que pretendam adotar ao Pix terem uma ferramenta para facilitar o processo de implementação do sistema de pagamentos instantâneos.

 

E aí, já pensou em utilizar o Pix?


  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp

Você pode ser interessar também