Entendendo o Capital de Giro

Por Rafael Castanho | 10/11/2020 | 3 Minutos de leitura | Voltar
  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp
Entendendo o Capital de Giro

O capital de giro ajuda o funcionamento sustentável da empresa

 

Capital de Giro, também chamado de ativo circulante, é o total de recursos que a empresa necessita para manter suas atividades diariamente. O dinheiro em caixa, saldo das contas bancárias, mercadorias em sua posse, investimentos financeiros, contas a receber e todos os bens que a empresa possui e que possam ser convertidos em capital em um curto período de tempo compõem o capital de giro.

 

Mas, para que serve o Capital de Giro?

O capital de giro ajuda a manter as operações e atividades da empresa em equilíbrio, dando um melhor entendimento dos pagamentos e recebimentos da empresa. Ele ajuda a manter o caixa sempre positivo e suprindo as necessidades para que as atividades operacionais não parem, permitindo assim, o crescimento de capital a longo prazo.

A falta de controle no capital de giro aumenta os riscos operacionais, pode deixar o caixa em negativo, podendo contrair desnecessariamente empréstimos para cobrir as dívidas do negócio, comprometendo todo o funcionamento da empresa.

Para que isso não vire uma bola de neve, a análise e entendimento do seu capital de giro deve ser levado em conta.

 

Como calcular o Capital de Giro de uma empresa?

Vários fatores influenciam o calculo do capital de giro, como as contas do caixa e do banco, contas a pagar e receber, o valor do estoque, entre outros. O cálculo, apesar de simples, precisa de cuidado e que coloque todos os valores que o influenciam em ordem.

O Ativo Circulante é composto das contas do banco, as contas do caixa da empresa, as contas a receber e outros recursos como estoque, despesas que foram antecipadas etc.

O Passivo Circulante é composto pelas contas a pagar, empréstimos e impostos a recolher e todas as provisões (despesas que ainda não foram pagas, imposto de renda, férias, 13º salário, entre outras).

Após anotar todos os valores e colocar eles em ordem, para chegar no valor de capital de giro basta utilizar a seguinte fórmula:

ATIVO CIRCULANTE  -  PASSIVO CIRCULANTE  =  CAPITAL DE GIRO LIQUIDO

 

Garantir uma boa administração do capital de giro ajuda a manter a saúde financeira da empresa e que ela se mantenha fora do vermelho, direcionando o crescimento e o sucesso do negócio.

 

 

 


  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp

Você pode ser interessar também