Entendendo o Estoque mínimo

Por Rafael Castanho | 24/11/2020 | 4 Minutos de leitura | Voltar
  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp
Entendendo o Estoque mínimo

Estoque mínimo ou estoque de segurança garante que itens de maior interesse sempre se mantenham disponíveis

 

O estoque e o gerenciamento dele é vital para o bom funcionamento de uma empresa, garantindo que o item, seja um produto ou matéria-prima, esteja sempre disponível para atender clientes ou para industrialização. Um dos modos de ter sempre o item necessário disponível é manter um estoque de segurança, também chamado de estoque mínimo.

Estoque mínimo é o ato de sempre manter o estoque em níveis suficientes para evitar falta quando necessário, seja por conta de variabilidade da demanda ou de fornecimento.Ele garante que o produto não se esgote em caso de atrasos no fornecimento decorrente de falhas em logística, atrasos do fornecedor ou aumento das vendas por alguma razão.

Para garantir o entendimento do seu estoque mínimo, é necessário ter conhecimento da demanda de seus clientes. Quais os produtos que possuem maior e menor saída em determinado período, lembrando que pode haver uma variação em alguns momentos, ajuda a planejar esse estoque de segurança.

Outro ponto de interesse, é a ciência dos prazos de entregas dos seus fornecedores. Entender como seus fornecedores trabalham, quais os prazos e manter uma boa comunicação com eles garante um melhor entendimento e planejamento do seu estoque mínimo.

A análise de entrada e saída dos itens em seu estoque é vital para que a empresa se mantenha em atividade. Para começar o planejamento do seu estoque de segurança o gestor pode ir atrás da resposta de duas perguntas.

Quais os produtos possuem maior demanda?

Qual o prazo de reposição desses produtos?

a partir disso ele terá um entendimento das saídas, entradas e quais os itens de seu estoque de maior importância.

Em questão de números, o cálculo do estoque mínimo seria:

Estoque de Segurança = Média de saídas diárias X Tempo em dias para entrada no estoque

Exemplo

A saída média por dia do produto A é de 15 e o tempo para que o fornecedor ou a produção entregue esse produto é de 7 dias.

15 x 7 = 105

Nesse exemplo o estoque mínimo do produto A seria de 105, ou seja, ao chegar próximo da quantidade 105 em estoque, é o momento de buscar a entrada desse material novamente em estoque.

 

Criar e atualizar seu estoque mínimo conforme a demanda da empresa garante que ela trabalhe sempre com item necessário para venda ou produção.

 

 


  • Compartilhe:
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Linkedin
  • Compartilhar no Whatsapp

Você pode ser interessar também